Login

Cadastre-se

Publicado por

Associação Ubaense de Saúde Mental – Andorinhas, reforma seu Estatuto Social e cria departamentos para execução de projetos

16 de setembro de 2021 | 0 Comentários

Associação Ubaense de Saúde Mental, também denominada com nome fantasia de Andorinhas – Artes e Culturas, regida pelo Estatuto Social e pelas disposições legais aplicáveis, em especial pela lei 10.406 de 10 de janeiro de 2002, com sede provisória situada a Rua Monsenhor Paiva Campos, 143 – Apto 101 – Bairro Centro, Ubá – Minas Gerais.

A reforma do Estatuto o qual foi aprovado em assembleia e segue para registro em cartório, contempla nessa nova versão mais três núcleos de atividades constituídos por normas operacionais aprovadas e supervisionadas pela diretoria e conselho administrativo.

O objetivo é ampliar tanto as possibilidades de arrecadação com projetos, cursos, capacitação, patrocínios, economia solidária, parceria. Assim como, atingir um público em diferentes situações de vulnerabilidade social que possam se beneficiar com as atividades de reinserção social executados pela Andorinhas, e também poder contribuir na capacitação e formação de novos profissionais para atuar na área. Os novos núcleos foram denominados de maneira a valorizar e reafirmar o trabalho coletivo e de reinserção social em Saúde Mental. Sendo eles:

Departamento Colcha de Retalhos: objetivando a economia solidária, geração de renda e inclusão social dos cidadãos e das pessoas com sofrimento mental ou que fazem uso e abuso de álcool, crack e outras drogas, e seus familiares.

Departamento Franco Baságlia:  objetivando a elaboração de projetos, capacitação e educação continuada e permanente incluindo a produção de livros, cartilhas educativas, artigos científicos, participação e execução de seminários, anais ou que julgar necessário.

Departamento Escola de Artes Nise da Silveira: objetivando a utilização da arte e da cultura, incluindo oficinas de artes visuais, fotografia, música e o que se fizer necessário, como forma de recuperar a qualidade de vida, a saúde e a cidadania dos cidadãos e das pessoas com sofrimento mental ou que fazem uso e abuso de álcool, crack e outras drogas e seus familiares.

Vale lembrar que a Andorinhas, além dos objetivos já citados tem ainda a finalidade oferecer espaço de apoio aos usuários da rede de saúde mental do Sistema Único de Saúde (SUS) visando a melhoria da qualidade de vida e sua integração com a sociedade mediante promoção de atividades laborativas com fins terapêuticos e aprimoramento de habilidades pessoais, podendo funcionar como meios de produção de renda, economia criativa e ou solidária para grupos menos favorecidos.

SobreAndrêssa

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.