Login

Cadastre-se

Publicado por

Luta antimanicomial é tema de discussão com os pacientes do CAPS AD III

18 de maio de 2022 | 0 Comentários

Na manhã desta quarta-feira, 18 de maio, puderam discutir sobre o tema “Luta Antimanicomial e os desafios atuais”. Na ocasião foi passado para os pacientes o documentário “Em nome da razão” com a intenção de mostrar a eles parte da essência da luta antimanicomial no Brasil.

No fim da década de 70, muitos movimentos ligados à saúde denunciaram abusos cometidos em instituições psiquiátricas, além da precarização das condições de trabalho, reflexo do caráter autoritário do governo no interior de tais instituições. A partir daí, surgiram movimentos de trabalhadores de saúde mental, que colocaram em evidência a necessidade de uma reforma psiquiátrica no Brasil.

O Movimento dos Trabalhadores em Saúde Mental – que contou com a participação popular, inclusive de familiares de pacientes – e o Movimento Sanitário foram dois dos maiores responsáveis por essa iniciativa.

Em 18 de maio de 1987, foi realizado um encontro de grupos favoráveis a políticas antimanicomiais. Nesse encontro, surgiu a proposta de reformar o sistema psiquiátrico brasileiro. Pela relevância daquele encontro, a data de 18 de maio tornou-se o dia de Luta Antimanicomial.

Mais do que nunca, somos convocados à luta contra os abusos cometidos às pessoas em sofrimento mental que fazem, ou não, uso de álcool e outras drogas. No encontro de hoje, além de passar o documentário, o pedagogo Wantuil Alexandre pôde também pontuar questões importantes para os pacientes sobre os retrocessos que presenciamos no atual momento com desmanche arbitrário das políticas públicas conquistadas com a luta antimanicomial.

Trancar não é tratar. Por uma sociedade sem manicômios.

Viva a Luta Antimanicomial!

SobreAndrêssa

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.