Login

Cadastre-se

Publicado por

FLUXO DE SAÚDE MENTAL DE UBÁ E DA MICRORREGIÃO

31 de dezembro de 2020 | 0 Comentários

Para o encerramento do Projeto de Educação continuada em saúde mental com ênfase em álcool e outras drogas, ocorreu no dia 04 de dezembro de 2020 a apresentação do tema Fluxo de saúde mental de Ubá e da microrregião, ministrado pelo coordenador de cuidados mentais do município de Ubá, Lucas Molica Antonucci.

Lucas iniciou sua apresentação explicando o sentido de rede de atenção e como era articulada antes da reforma psiquiatra. Após a reforma, a política nacional de Saúde mental ainda busca consolidar um modelo de atenção aberto e de base comunitária. A proposta é de garantir a livre circulação das pessoas com sofrimento mental e pessoas que fazem uso abusivo de álcool e outras drogas, pela comunidade e pela cidade.

A RAPS (Rede de atenção psicossocial) estabelece os pontos de atenção para o atendimento de saúde mental no âmbito do SUS (Sistema único de saúde). A rede pode ser composta por diversos dispositivos, tais como: Centros de Atenção psicossocial (CAPS), os Serviços Residenciais Terapêuticos (SRT); os Centros de Convivência e Cultura, as Unidade de Acolhimento (UAs), e os leitos de atenção integral (em Hospitais Gerais, nos CAPS III e AD III). A RAPS está presente na Atenção Básica (Unidade básica de saúde; Núcleo de apoio a saúde da família, consultório de rua, apoio aos serviços do componente Atenção Residencial de caráter transitório, centros de convivência e cultura). Na atenção psicossocial e estratégica, Atenção de Urgência e Emergência (SAMU; UPA 24h; e portas hospitalares de atenção à urgência/pronto socorro, Unidades Básicas de Saúde), Atenção residencial de caráter transitório (Unidade de acolhimento; serviços de atenção em regime residencial), Atenção Hospitalar (enfermaria especializada em hospital geral/leitos de retaguarda; serviço hospitalar de referência para atenção às pessoas com sofrimento ou transtorno mental e com necessidades decorrentes do uso abusivo de álcool e outras drogas), estratégias de desinstitucionalização (Serviços de residências terapêuticas (SRT) e Programa de volta pra casa (PVC), Estratégias de reabilitação psicossocial (iniciativas de geração de trabalho e renda; empreendimentos solidários e cooperativas sociais).

O CAPS AD III em Ubá foi instituído em março de 2016 e é um dos pontos de Atenção do Componente da Atenção Especializada da Rede de Atenção Psicossocial destinado a proporcionar a atenção integral e contínua a pessoas com necessidades relacionadas ao consumo de álcool, crack e outras drogas, com funcionamento nas 24 (vinte e quatro) horas do dia e em todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados e está situado na Rua Coronel Júlio Soares, 1000 – Bairro Caxangá, em Ubá, MG.

Sobreeditor

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *